Rosário: 90 dias sem médico!

0
Compartilhar

Você sabia que o Distrito do Rosário, uma das comunidades de Correntina, possui o maior número de casos de covid-19 da região  e não tem um médico há mais de 90 dias?

Você sabia que essa comunidade fica a 199 km do cento da cidade de Correntina?

A última médica que atendia no Distrito era a Dra. ADRIALIS TUMBARELL SUAREZ, RMS 2802517, do programa Mais Médico para o Brasil. Essa médica, que sempre reclamou das péssimas condições do posto de saúde, sempre fez ameaças de pedir demissão. Uma das alegações era a precária condição de trabalho, no que diz respeito ao calor no posto, que era insuportável, e não tinha um ar condicionado. A geladeira utilizada para acondicionar os remédios era muito velha e não atendia o resfriamento necessário para a conservação dos medicamentos.

A associação de moradores do Distrito do Rosário, por meio do Fundo Social da Cooperativa SICREDI, vendo o descaso do Poder Executivo Municipal e temendo em ficar sem a única médica do Distrito conseguiu três aparelhos de ar condicionados, uma geladeira, um balcão de atendimento, cadeira de rodas, cadeira de banho, colchão para acamados e inaladores, todos novos, para o Posto de Saúde. Mas mesmo assim, a médica pediu demissão há mais de 90 dias e desde então nenhum outro foi encaminhado para aquele Distrito, que atualmente vive uma situação de CALAMIDADE na saúde pública.

Conforme o boletim do dia 24 de março, o Distrito do Rosário registrou o recorde de 71 casos de covid-19, e na data de hoje, 21 de abril, foram registrados 17 casos. Conforme os boletins abaixo.

Todos sabem que o Distrito do Rosário não possui estrutura nenhuma. Qualquer problema referente a saúde, a escola particular, a equipamentos eletroeletrônicos, tudo se recorre a cidade de Posse. Mas os IMPOSTOS são pagos para o município de Correntina/BA.  Sem falar que o Poder Executivo de Posse, que fica a aproximadamente 30 km, dificulta o atendimento dos cidadãos do distrito do Rosário, que lotam todas a unidade de atendimento e em contrapartida não contribuem com aquele município em tributação e nem em convênio médico.

Porem, quando os moradores, empresário e políticos declaram que o Rosário tem a capacidade para sua emancipação, de forma a se tornar um município independente, todos os moradores da cidade de Correntina defendem com garras e unhas, que o Distrito do Rosário tem que pertencer aos cuidados do seu município.

O que pensam os cidadãos do Rosário, que mesmo sendo Correntinense e tendo amor por seu estado, estão a mais de 90 dia sem um médico, diante de tamanho descaso?!

Mais uma vez o JC pede explicação a Secretária da Saúde, a Senhora Maria de Lourdes Neves Sodré sobre essa CALAMIDADE na Saúde Pública. O Distrito do Rosário quando aparece nos telejornais é para elevar o potencial do Agronegócio no Oeste Baiano,  mas muitos não sabem como vivem esses trabalhadores.

Muitos moradores falam que o Rosário é mais Goiano que Baiano, pois quando precisam e sente a morte de perto é o estado de Goiás que os socorrem.

Até quando os gestores, Secretários de Saúde, Vereadores e Prefeito, vão ficar vendo essa CALAMIDADE em silêncio. O JC vai tornar público os bastidores da vergonha desse município e solicitar atitudes de melhorias.

 

 

Deixe uma resposta







Solve : *
13 × 16 =